Programa Envolver de Desenvolvimento Humano

Instituto Beatriz e Lauro Fiuza

xxx

Objetivo do projeto

Promover o desenvolvimento humano de crianças, adolescentes e jovens, através do acompanhamento social, psicológico e pedagógico, e do fortalecimento de vínculos familiares, comunitários e sociais, visando a construção de novas perspectivas de futuro e a transformação social.

Dados de captação

Valor total do projeto: R$ 336.331,92
Valor captado até o momento: R$ 100,00
% captado: 0%
Saldo a captar: 336.231,92

Problema Social

Superação da situação de vulnerabilidade social das crianças e adolescentes atendidas pelo programa de música Jacques Klein e programa de karatê Bushi No Te; objetivando a transformação social do público citado através da educação, da música e do esporte.

Solução

Através do fortalecimento dos vínculos familiares, comunitários, sociais, do reconhecimento da identidade dos alunos e alunas, da representação social dos sujeitos atendidos, da ressignificação dos sentimentos de pertença social em relação ao seu território. Por meio de ações que consideram os seguintes valores: o respeito, a autonomia, o empoderamento, o protagonismo, a participação e a transformação social o Programa Envolver de Desenvolvimento Humano visa superar as diversas situações de vulnerabilidade social vivenciadas pelo público atendido.

Metodologia

O Programa Envolver possui uma equipe composta por profissionais e estagiários das áreas de Psicologia, Pedagogia, Psicopedagogia, Educação Especial e Serviço Social, atuando de forma interdisciplinar, contribuindo com as competências específicas. A equipe desenvolve ações com os alunos e famílias do instituto, abordando aspectos ligados aos direitos e deveres, contribuindo para construção de identidade e representação social desses sujeitos, facilitando uma reflexão sobre os vínculos familiares, comunitários e sociais. A equipe identifica o contexto de cada situação, procuram alternativas e soluções para os problemas e dificuldades relatados, amplia a visibilidade para os fatores que incidem no processo educativo e a perspectiva de vida dos alunos, intervém sobre as questões sociais, psicológicas, pedagógicas. O acompanhamento na área do serviço social é direcionado às crianças, adolescentes, jovens, famílias e a comunidade, as ações são desenvolvidas por profissionais e estagiários que intervém sobre a questão social; contribuem para o processo de autonomia, empoderamento e protagonismo dos atores sociais envolvidos; fomentam reflexões sobre direitos e deveres e o acesso as políticas públicas e sociais; incentivem a integração, participação e mobilização social; compreendam os conflitos sociais existentes; informem sobre as redes de apoio e suporte ao cidadão, sobre ações coletivas para a melhoria das comunidades. O acompanhamento psicológico ocorre a partir da contribuição da Psicologia social, comunitária e educacional, realizadas por psicólogos e estagiários, através de ações para crianças, adolescentes, jovens e famílias, contribuindo para a formação ética de alunos e para reflexões sobre a realidade em que vivem. A Psicologia, ao partir de uma perspectiva emancipatória e política, visa contribuir com o rompimento da ideologia dominante. Nesse contexto, a atuação do psicólogo busca promover a reflexão e, posteriormente, a conscientização sobre as desigualdades, discriminações e preconceitos; procura também contribuir para promoção da saúde, valorização do aspecto libertário, visualização de possibilidades para o exercício da cidadania, o conhecimento como direito. O acompanhamento pedagógico ocorre a partir das ações que incentivam o desenvolvimento e a aprendizagem das crianças e adolescentes no Instituto. As atividades são realizadas por Psicopedagogos (as), Pedagogos (as) e estagiários (as) da Pedagogia, que podem atuar na promoção da aprendizagem aos sujeitos em diferentes fases do desenvolvimento humano, nos diversos níveis do processo educativo, contribuindo para desenvolver as habilidades dos educandos, fomentando alternativas pedagógicas que proporcionem apoio aos professores no cotidiano e no alcance de uma atuação mais eficaz e coerente com a realidade.

Metas

Descrição da meta 1_Tri 2_Tri 3_Tri 4_Tri
Número de beneficiários diretos 600 600 600 600
Horas de atividades por mês 912 912 912 912
Nr de atendimentos psicossociais 180 180 180 180
Encontros com as famílias 6 6 6 6
Encontro de pais e mestres 0 2 0 2
Horas de capacitação da equipe 12 52 12 52
Encontros vivenciais com os alunos 4 4 4 4
Eventos celebrativos 2 2 2 2

5.600 beneficiados


40%

60%
Abrangência: Fortaleza (CE) Fortaleza (CE)

Beneficiados por faixa etária

Crianças: (70%)
Adolescentes: (20%)
Adultos: (10%)
Idosos: (0%)

Cronograma

Atividades Ago-2018 Ago-2019
1. Processo seletivo vivencial
2. Processo de matrícula
3. Semana de integração
4. Cadastros dos educandos
5. Acolhida, atendimentos, encaminh
6. Encontros vivenciais
7. Celebração de eventos comemorat
8. Encontro com as famílias
9. Acompanhamento e formação contin
10. Diagnóstico socioeconômico

Apoiadores

-