Atletas da paz

Luta pela Paz

Acreditamos que o comportamento dos jovens e suas escolhas são baseados nas oportunidades e apoio que tem acesso, assim como a forma como eles se enxergam, como se relacionam com outros e como vêem o futuro. É por isso que a Luta pela Paz investe nos jovens, oferecendo programas integrados e holísticos em um ambiente seguro.

Objetivo do projeto

As ações da Luta pela Paz agem basicamente em 2 frentes: 1 Prática Esportiva - oferece atividades esportivas combinadas com aulas de Cidadania 2 Suporte Educacional - consiste nas atividades de Educação Formal (via Aceleração Escolar), também combinando aulas de Cidadania O presente projeto pretende oferecer aulas de diferentes modalidades (Capoeira, Muay Thai, Luta Olímpica/Luta Livre e Jiu Jitsu) para crianças e jovens do Complexo da Maré em com capacidade máxima de atendimento de 510 beneficiários. Objetivos Específicos: I - Oferecer aulas de Cidadania e Desenvolvimento Pessoal em conjunto com a prática esportiva para os beneficiários do projeto. Tudo isso com base nos valores e princípios da Luta pela Paz. II - Promover o aumento da coesão social nas comunidades do Complexo da Maré através da realização de atividades integrativas como: treinos conjuntos entre os núcleos e ações sociais de caráter comunitário.

Dados de captação

Valor total do projeto: R$ 1.237.660,99
Valor captado até o momento: R$ 150,00
% captado: 0%
Saldo a captar: 1.237.510,99

Problema Social

A organização nasceu em 2000 a partir da ideia do ex-boxeador inglês Luke Dowdney, para atuar no Complexo da Maré: uma comunidade com população estimada em cerca de 135.000 habitantes, com altos índices de mortalidade por arma de fogo, com economia local baseada em pequenos negócios, comércio informal e tráfico de drogas. A Luta pela Paz fica localizada na Nova Holanda, uma das 17 comunidades do Complexo da Maré.

Solução

A organização atua neste cenário oferecendo atividades esportivas e educacionais para beneficiários entre 07 e 29 anos. Ao longo de mais de uma década de existência, a Luta pela Paz desenvolveu uma metodologia inovadora para acessar e engajar jovens em comunidades de baixa renda através de uma combinação integrada de abordagens e serviços, estimulando o desenvolvimento pessoal e o protagonismo juvenil a partir de uma perspectiva holística e integrada. Através da utilização desses esportes, busca-se alcançar um público-alvo que normalmente não responde de forma efetiva aos métodos tradicionais. Desde sua fundação, mais de 8.000 crianças e jovens passaram pelos projetos realizados pela Organização. Este número reafirma o sucesso do projeto em atrair e atender seu público-alvo, além de demonstrar a constante demanda por seus serviços nas comunidades onde estão presentes.

Metodologia

Ao longo dos treze anos de atuação no campo, a Luta pela Paz desenvolveu a Metodologia dos Cinco Pilares, baseada em sua própria Teoria da Mudança (Theory of Change), para trabalhar com crianças e jovens em áreas afetadas pela violência, oferecendo serviços de apoio centrados nos participantes através de uma série de atividades holísticas. A Teoria da Mudança da Luta pela Paz se baseia no pressuposto de que mudanças concretas no comportamento, atividade ou situação de um jovem dependem de mudanças em suas perspectivas, da percepção que tem de si mesmo e dos outros, de sua motivação e da forma como faz suas escolhas. Assim, a Luta pela Paz foca no desenvolvimento pessoal através de seu trabalho com os jovens de modo a ter um impacto real nessas áreas-chaves. Isso possibilita aos jovens aproveitarem ao máximo as oportunidades que lhes são oferecidas por meio da metodologia holística dos Cinco Pilares. A inovação da Luta pela Paz se baseia no uso de métodos não tradicionais como Boxe e Artes Marciais para acessar jovens que vivem onde os métodos tradicionais normalmente falham, desenvolvendo um programa integrado e sob medida para apoiá-los a lidar com um problema de origens multicausais. O modelo dos Cinco Pilares oferece aos jovens as opções e influências que eles precisam para responder de forma positiva aos elementos/influências externos. São eles: 1. Boxe & Artes Marciais atrai crianças e jovens, oferece modelos/exemplos, canaliza agressão, constrói autoconfiança/autocontrole, disciplina, identidade, responsabilidade. Não violência é elemento chave no processo de treino; 2. Educação oferta de alfabetização e raciocínio lógico, qualificação em educação primária e secundária para os que saíram da escola, aulas de desenvolvimento pessoal com temas relevantes para a vida; 3. Empregabilidade acesso ao mercado formal de trabalho através de capacitação profissional, parceria com empresas para estágios e emprego, orientação vocacional; 4. Serviços de Suporte Social mentoria individual/em grupo, estudos de caso, apoio orientado e encaminhamentos (social, psicológico, legal), visitas domiciliares e abordagens de rua nas comunidades; 5. Liderança Juvenil cursos de liderança; participação juvenil em todas as etapas de desenvolvimento e execução dos projetos. O Desenvolvimento Pessoal ocorre de modo transversal, através de todos os pilares, que são desenvolvidos através dos projetos esportivos, educacionais e de capacitação, além de aulas regulares de Cidadania.

Metas

Descrição da meta 1_Tri 2_Tri 3_Tri 4_Tri
Preencher 80% das vagas oferecidas 30 50 80 100
Frequência mínima de 50% 30 50 80 100

450 beneficiados


50%

50%
Abrangência: Rio de Janeiro (RJ)

Beneficiados por faixa etária

Crianças: (38%)
Adolescentes: (31%)
Adultos: (31%)
Idosos: (0%)

Cronograma

Atividades Abr-2019 Mar-2020
Atividades Desportivas

Apoiadores

-